O Comunicador

Ex-marido de mulher morta de forma brutal no RN nega crime e é liberado

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte ouviu nesta terça-feira (23) o depoimento do ex-marido de Lúcia Wellya Feitosa de Souza, de 30 anos, encontrada morta no último domingo (21) em uma estrada de terra na saída de Carnaubais, município da região do Vale do Açu. O homem negou o crime e foi liberado pelo delegado Carlos Brandão, titular da Delegacia de Polícia Civil de Assu. “Apresentou álibis que foram confirmados por outras testemunhas. Mesmo assim a participação dele não está descartada”, disse Brandão.
Além do ex-marido, o delegado também ouviu familiares da vítima e outras testemunhas. “A investigação ainda está no começo. Não temos uma linha de investigação forte ainda. 

O ex-marido não apresentou nervosismo e disse que estava acompanhado por familiares e companheiros de trabalho no dia em que aconteceu o crime”, conta.
O corpo de Lúcia Wellya, mãe de seis filhos, foi encontrado com marcas de violência. A vítima estava nua, com uma camiseta amarrada em volta do pescoço e presa ao tronco de uma árvore, e com um pedaço de pano dentro da boca. O rosto da mulher também apresentava queimaduras, aparentemente causadas por uma longa exposição ao sol. 

O corpo da mulher foi levado para perícia no Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) em Mossoró, na região Oeste do estado.

Fonte: G1 RN

Postado em 23 de dezembro de 2014 - 23:48h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *