O Comunicador

Estudante de Alexandria-RN acusa Universidade Potiguar (UNP) de Constrangimento

Segundo o colega de imprensa, Raul Figueiredo, uma cena lastimável, mais uma que a Universidade Potiguar (UNO) é a artista principal. Neste sábado, a estudante Dominik Góis de Oliveira, foi prestar vestibular para o curso de medicina naquela faculdade, e enquanto realizava a prova foi abordada por um fiscal de sala que a acusou de estar com uma cola eletrônica e recolheu a prova.

Levaram Dominik, até uma sala com 5 homens e em seguida chegou uma enfermeira que a examinou e não encontrou nada com a estudante. 


Além do constrangimento absurdo, que a universidade causou a estudante, ainda foi agredida pelo coordenador do curso de medicina com um empurrão e foi levada puxada pelos corredores da universidade. 

 A estudante que é filha da médica Dra. Fátima Góis, pessoa de uma carreira admirável, que está indignada com o fato. Dominik, também tem um irmão médico Dr. Felipe Góis, que nos relatou o fato com tanta indignação.

A estudante chegou a se urinar na roupa com tanta pressão psicológica causada pela Universidade Potiguar.

Fonte: Jair Sampaio
Postado em 30 de novembro de 2014 - 22:29h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *