O Comunicador

Anvisa proíbe venda de lote de açúcar por presença de fezes e pelos de roedores

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu nesta quarta-feira (22) a comercialização de um lote de açúcar da marca Nevada por presença de “excremento e de pelo de roedor”. 
Publicada no DOU (Diário Oficial da União) de hoje, a decisão indica que o “resultado foi insatisfatório na análise de matéria estranha macroscópica e microscópica, devido à presença, acima do limite de tolerância estabelecido, de excremento e de pelo de roedor, matérias estranhas indicativas de risco à saúde humana e de falhas das Boas Práticas”. 
A proibição vale para o lote MO5-LOT 0307, com validade até 7 de março de 2016, do açúcar Cristal da marca Nevada. O produto é fabricado pela Mercavalle Mercantil Vale do Sol, em Contagem, Minas Gerais. 
Como a empresa não compareceu IOM/FUNED (Instituto Octávio Magalhães da Fundação Ezequiel Dias), que realizou as análises, o laudo é considerado definitivo.
 
R7
Postado em 22 de outubro de 2014 - 16:59h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *