O Comunicador

UPA é interditada em Cascavel, no Paraná, com suspeita de ebola

Paciente veio da África e estava na cidade há 19 dias. Ele estava com febre há três dias e somente nesta quinta procurou atendimento médico.

A Unidade de Pronto Atendimento do Jardim Brasília, na região Norte de Cascavel, no Paraná, foi interditada nesta noite devido a uma suspeita de Ebola. Trata-se de um paciente que veio da África há 19 dias e deu entrada nesta quinta pela manhã na unidade após passar três dias com febre. 


 Por determinação, outros pacientes e funcionários foram trancados dentro do local. Ninguém pode entrar, inclusive, médicos e enfermeiros que trabalham no turno da noite também estão do lado de fora.

Equipe do Ministério da Saúde está reunida em Brasília neste momento. Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, agentes podem deixar Brasília ainda hoje e há uma perspectiva que o paciente seja encaminhado para o Hospital Universitário do Oeste do Paraná, em Cascavel, ou para um Hospital de referência nacional. Uma equipe do Controle de Infecção da Secretária Estadual de Saúde também está a caminho. 

 Fonte: CBN
Postado em 11 de outubro de 2014 - 13:06h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *