O Comunicador

Adolescente foragido do CEDUC de Caicó morreu em confronto com a Policia Civil

Foi morto ao trocar tiros com a polícia o adolescente de 17 anos suspeito de ter participado do assalto a uma padaria em Natal no qual foi baleado e morto o policial civil Ilfran André Tavares de Araújo, de 51 anos, crime ocorrido em abril deste ano. Segundo o delegado Herlânio Cruz, titular da Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov), o menor foi identificado como Kevin Pereira Damasceno.

O confronto aconteceu na noite desta quarta-feira (10) no bairro de Mãe Luíza, na Zona Leste da cidade. Na ocasião, dois jovens foram presos.

Ainda segundo op delegado, os agentes da Defur foram a Mãe Luíza após uma denúncia anônima. O trio, que estava em um casa, estaria realizando assaltos na região. Durante a abordagem, os suspeitos teriam efetuado disparos contra a equipe, dando início a troca de tiros.


 O adolescente foi baleado e socorrido, mas morreu no hospital. Os jovens presos foram encaminhados para a Defur.

Suspeitos foram condenados em julho

O juiz Guilherme Newton do Monte Pinto, da 6ª Vara Criminal de Natal, condenou no dia 22 de julho quatro homens acusados de envolvimento na morte do policial Ilfran. O assalto aconteceu dentro da Padaria La Via Pane, no bairro de Petrópolis. 


O policial reagiu ao assalto na tentativa de defender a irmã dele e acabou baleado. O adolescente, também envolvido no crime, foi encaminhado para um centro de detenção para adolescentes em Caicó, mas escapou da unidade.

Os quatro réus, segundo a sentença, foram condenados a penas que variam de 23 a 26 anos de reclusão, que deverão ser inicialmente cumpridas em regime fechado, e mais 20 dias-multa. Os crimes praticados foram latrocínio, roubo e corrupção de menores. 

 Fonte: G1/RN
Postado em 11 de setembro de 2014 - 18:22h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *