O Comunicador

Câmara Federal: Deputados vão trabalhar apenas quatro dias em 2 meses

Em plena campanha eleitoral, entre agosto e setembro, os deputados trabalharão apenas quatro dias. Os líderes dos partidos acabaram de definir o calendário de trabalho na Câmara dos Deputados e decidiram que neste meses acontecerão apenas quatro sessões deliberativas, que precisam dar quórum e marcar presença. 

 Depois, somente depois das eleições, em 5 de outubro, os deputados retornam à normalidade. Em agosto, haverá sessões nos dias 5 e 6 e em setembro, nos dias 2 e 3. Até o início do recesso, em 18 de julho, a Câmara funcionará normalmente.

 O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e os líderes partidários, governistas e de oposição, afirmam que é praxe, em anos eleitorais, a redução das votações na Câmara e no Senado, já que os deputados e senadores têm que se dedicar às campanhas para se eleger. 

Eles admitem que a decisão pode prejudicar a imagem dos parlamentares, por isso é importante garantir a presença nos dias de esforço concentrado.

– Sempre é assim em períodos de campanha eleitoral. Vou tentar consensos que assegurem quórum e votações importantes nos dias de esforço concentrado, para que tenhamos votações – disse o presidente Henrique Eduardo Alves. 

Evandro Éboli – O Globo
Postado em 2 de julho de 2014 - 12:49h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *