O Comunicador

Após planejar morte dos sócios, empresário lamenta crime no ‘Face’ e vai ao velório das vítimas

Click na imagem para ler em tamanho maior
“Espero, primeiramente, em Deus e na sua justiça e depois, na ação policial e na justiça terrena para fazer com que os culpados possam pagar o devido”. Esse foi um trecho da postagem feita pelo empresário Nelsivan Marques no dia 1º de abril de 2014, no Facebook, dois dias depois da morte do casal Washington Luiz, de 51 anos, e Lúcia Santana, de 42 anos, sócios dele. 

Marques foi preso nessa terça-feira (17), em Campina Grande, no Agreste do estado, durante a operação ‘Iscariotes’ da Polícia Civil,
Ainda na rede social, o empresário disse que casal era muito especial na vida dele e, além de sócios, eram mais que amigos, “verdadeiros irmãos”. 

No mesmo dia da postagem, Nelsivam Marques concedeu uma entrevista a equipe de reportagem da TV Correio HD, no velório das vítimas, lamentando o crime e cobrando justiça pelo duplo assassinato.
Na gravação reexibida no programa Cidade Alerta Paraíba, TV Correio HD, Nelsivan comentou sobre um assalto forjado, pediu que justiça fosse feita e que o casal foi mais uma vítima da violência urbana. Segundo a delegada de Homicídios Tatiana Matos, o assalto foi planejado por Nelsivan. 

 Nelsivan Marques e mais quatro pessoas foram presas durante o cumprimento de cinco mandados de prisão e oito de busca e apreensão. Os homens estão no Presídio de Segurança Máxima de Campina Grande e mulher na penitenciária feminina. O grupo está preso por força de prisões temporárias.
Nesta quarta-feira (18), a arma apreendida com os acusado foi encaminhada para Instituto de Polícia Científica (IPC) da cidade, juntamente com o projétil encontrado no corpo de Washington Luiz, para exame de confronto balístico.

Fonte: Portal Correio

Postado em 19 de junho de 2014 - 11:15h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *