O Comunicador

40 anos da maior tragédia da história de Currais Novos

A tragédia tirou a vida de 25 pessoas e deixou dezenas feridas
Hoje 13 de maio 2014 se completam quatro décadas do desastre de 13 de maio em Currais Novos. O fato trágico aconteceu quando um ônibus desgovernado atropelou dezenas de fiéis que participavam da tradicional procissão em honra a Nossa Senhora de Fátima na Avenida principal do Bairro Paizinho Maria, em 13 de maio de 1974, tirando a vida de vinte e cinco fiéis católicos e deixando dezenas de pessoas feridas.

  Entre os mortos, o Dr. Antônio Othon Filho e o Dr. Nithon, que foi vereador e Intendente de Currais Novos. O pároco de Sant’Ana, o saudoso Monsenhor Ausônio Araújo, só não faleceu naquele acidente por que foi puxado pela batina por um fiel católico.
No local foi construído um monumento aos mortos ao lado da Praça Aproniano Pereira, onde existe uma lápide com o nome de todos os que morreram na tragédia.

Fonte: Jean Souza

Postado em 13 de maio de 2014 - 16:50h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *