O Comunicador

Médico “reserva” substitui colega, com enxaqueca, e morre após passar mal em campo na Paraíba

Foto: Rammom Monte / GloboEsporte.com/pb
O que parecia mais uma
cena inusitada do Campeonato Paraibano de Futebol terminou em tragédia.
Na noite desta quarta-feira, no Estádio da Graça, em João Pessoa, a
partida entre Santa Cruz-PB e Auto Esporte atrasou em mais de uma hora
por falta de médico em campo (o escalado para o jogo alegou uma
enxaqueca e não compareceu ao estádio).
A solução do time
mandante foi chamar às pressas o médico da equipe, Dorivaldo Pereira,
para assumir o posto. Ele chegou no local com 1h20 de atraso e o jogo
finalmente pôde começar. Mas por apenas três minutos. Dorivaldo, de 72
anos, que era cardíaco, passou mal e teve uma embolia pulmonar que
evoluiu para uma parada cardíaca. Ele foi atendido pela ambulância no
centro do gramado da Graça e levado em estado grave para a Clínica Dom
Rodrigo. Mas morreu pouco tempo depois de dar entrada na unidade de
saúde.
Segundo o diretor, a
partida foi remarcada para esta quinta-feira, mas o clube tentará
modificar a data, pois o elenco não tem “condições psicológicas” para
entrar em campo.
Com informações de O Globo e UOL
Postado em 17 de abril de 2014 - 18:35h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.