O Comunicador

Qual é o significado do coelho e do ovo de chocolate?

Não são símbolos bíblicos, mas que nasceram com o tempo e hoje são
expressões da Páscoa. Páscoa, literalmente, significa passagem. Na
origem, para os judeus que a celebram até hoje, relembra a passagem da
escravidão do Egito para a liberdade na Terra Prometida. O anjo passa
através das casas dos judeus no Egito e liberta o povo escolhido. Para
nós cristãos, invés, é símbolo da passagem da morte para a vida, que
acontece através da ressurreição de Cristo. Portanto, Páscoa é sinal de
vida.



O ovo é, em si, expressão de vida. Contém a vida, na sua forma inicial.
Já desde a antiguidade esse elemento se revestiu de sentido simbólico,
seja entre os egípcios que entre os persianos. Entre esses últimos
existia o costume de dar, como presente, ovos de galinha, no início da
primavera. Com o tempo passou a decorá-lo, chegando assim até os nossos
dias (veja mais).



Outro símbolo de vida é o coelho, já desde tempos antigos. Um dos
motivos que o liga à vida é a facilidade com que se procria. Outros
invés dizem que entre os povos antigos era um animal que nas religiões
pagãs se ligava à lua. Como a páscoa é intimamente ligada à lua cheia,
foi imediata a ligação entre esses dois símbolos. A relação do coelho
com a páscoa é fruto da tradição alemã.



Enquanto o “ovo da páscoa” é muito comum em todo o mundo, o “coelhinho da páscoa” não é tão conhecido no resto do mundo.



Resumindo, o sentido desses dois símbolos em relação à páscoa deve ser
buscado na expressão de vida que eles contêm em si e a páscoa nada mais é
do que a celebração da vida.
Resposta de Luiz da Rosa
Postado em 14 de abril de 2014 - 23:40h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *