O Comunicador

Caso F Gomes: Acusado de participar na morte de jornalista foi condenado a 14 anos de prisão

Depois de três dias de
julgamento, o Conselho de Sentença, composto por sete jurados, sendo cinco
mulheres e dois homens, decidiram por maioria de votos que o comerciante
caicoense Laílson Lopes teve participação e foi um dos autores intelectuais (
mandante)  da morte do radialista F
Gomes, ocorrida em frente a sua residência em Caicó, no dia 18 de outubro de
2014.
A decisão foi lida no final da
tarde deste sábado (12) pelo presidente do júri, o juiz Luíz Cândido de Andrade
Villaça que fez a dosagem da pena, condenando o réu, conhecido como Gordo da
Rodoviária, a 21 anos de prisão em regime fechado.
A pena de Laílson foi diminuída
em um terço por o júri entender que a participação dele na morte do radialista
foi de menor importância. Com isso, a condenação foi reduzida para 14 anos de
reclusão.  Após ouvir a decisão, o
advogado de defesa, Anesiano Ramos se pronunciou dizendo que vai recorrer da
condenação.
O JULGAMENTO
O julgamento de Laílson Lopes
durou três dias, começando na quinta-feira (10) e se estendendo até a tarde
deste sábado. O primeiro dia foi marcado pelo depoimento de 15 testemunhas de
defesa e acusação, entre as quais foram interrogadas, a esposa de F Gomes, a
ex-esposa de Laílson, Lucineide Medeiros, dois delegados, entre outros
depoentes.
A sexta-feira (11), foi marcada
pela a exibição  de uma série de vídeos
para os jurados e presentes e terminou com o depoimento do réu Laílson Lopes,
que se disse inocente e atribuiu  a
autoria do crime ao advogado Rivaldo Dantas, ao Pastor Gilson Neudo, e ao
tenente-coronel Marcos Antônio de Jesus Moreira. Já o sábado, foi a vez do
debate acalorado entre defesa e acusação, com direito a réplica e tréplica, que
culminou com a reunião dos sete jurados em sala secreta e a leitura da sentença
feita pelo juiz.
Fonte: V&C
Postado em 12 de abril de 2014 - 22:11h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *