O Comunicador

Eduardo Campos cogita apoio da cúpula do PMDB.

O governador de Pernambuco,
Eduardo Campos (PSB) afirmou, nesta sexta-feira (07), que não teria maiores
dificuldades em iniciar um diálogo com membros da cúpula do PMDB sobre um
possível apoio à sua candidatura à presidência da República. De acordo com o
dirigente socialista, uma conversa nesse sentido seria facilitada por nomes da
ala histórica da legenda, como Pedro Simon e Jarbas Vasconcelos, que não
escondem a simpatia pelo projeto Nacional do governador pernambucano. A
declaração de Eduardo Campos surge após as recentes ameaças feitas pelo líder
do PMDB na Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (RJ), alertando para um provável
rompimento entre o PT de Dilma Rousseff e o partido do vice-presidente Michel
Temer. Eduardo Campos lembra, entretanto, que um possível processo de diálogo
só seria iniciado após a realização da Copa do Mundo, uma vez que, de acordo
com sua análise, a população não vai discutir o cenário eleitoral antes ou
durante o Mundial.

Fonte: Política e
Cidadania


Postado em 7 de março de 2014 - 17:03h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *