O Comunicador

Henrique admite disputar governo do estado

Deputado federal diz que, se
houver coalizão em torno de seu nome, entra no pleito deste ano.
O presidente do Partido do
Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), deputado federal Henrique Eduardo
Alves admitiu que, se houver uma coalizão de forças em torno do seu nome,
poderá disputar o Governo do Estado.
Henrique Alves esteve na
residência de praia da ex-prefeita de Mossoró, Fafá Rosado, e do deputado
estadual Leonardo Nogueira, nesta segunda-feira, 20, na oportunidade em que foi
oferecido um almoço para o presidente da Câmara dos Deputados.
Se o nome de Henrique for mesmo
encaminhado para encabeçar a chapa do PMDB, ele abre mão de ir buscar seu
décimo segundo mandato de deputado federal para tentar governar o Rio Grande do
Norte em sucessão à Rosalba Ciarlini.
Em relação à disputa pela única
vaga reservada ao Rio Grande do Norte no Senado da República para embate
eleitoral de outubro, e também a possibilidade de apoio dos peemedebistas ao
nome de Wilma de Faria (PSB), o dirigente do PMDB/RN disse ter a certeza que
este impasse será solucionado em um curto espaço de tempo.
Segundo Henrique, os prefeitos,
vice-prefeitos, vereadores e lideranças regionais do PMDB serão convocadas à se
manifestarem a respeito do voto para o Senado da República.
Questionado por representantes de
veículos de comunicação de Mossoró e região Oeste a respeito do posicionamento
a ser adotado pelo PMDB em uma eleição suplementar na cidade, o deputado
federal Henrique Eduardo Alves foi incisivo: “eu estou lutando ainda para
restabelecer o mandato da prefeita Cláudia Regina”.

Fonte: Gazeta do
Oeste/Riacho da Cruz de Fato

Postado em 21 de janeiro de 2014 - 17:05h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *