O Comunicador

Morre curraisnovense suspeito de ter sido queimado por companheira

O curraisnovense Josinaldo
Faustino de Araújo, de 25 anos, que residia na cidade de Afonso Bezerra/RN, 168
km de Natal, faleceu na última sexta (10), ao não resistir aos ferimentos
causados por fogo, em um fato cheio de mistério, ocorrido no 1º dia deste ano.
Josinaldo ainda foi socorrido e
encaminhado para o hospital Walfredo Gurgel, onde passou 10 dias internado, mas
resistiu diante da gravidade dos ferimentos. A suspeita é que após um discussão
com a sua companheira Aline Querino Mendes, que está grávida de 2 meses, ela
teria ateado fogo nele.
Porém, pelo menos duas versões
estão sendo defendidas por familiares do casal. De acordo com a sobrinha de
Josinaldo, o mesmo explicou que estava na casa de sua irmã e foi para a
residência onde vivia com sua companheira, já em casa teve uma discussão com
ela, e ao chegar à porta, saindo para a rua, sentiu um liquido frio em suas
costas, no momento o mesmo achou que era água, e ao se virar viu seu corpo em
chamas. Desesperado o mesmo saiu correndo na rua e a população apagou as chamas
em seu corpo.

Já a mãe de Aline, conhecida
popularmente por Guida, tem outra versão. Ela disse que Josinaldo teria chegado
a sua residência onde morava com Aline e houve uma discussão. Segundo ela, ele
teria chamado Aline para ir deixar a motocicleta que tinha vindo emprestada da
fazenda, quando a mesma estava retirando gasolina da moto do casal para botar
na outra moto para devolvê-la, Josinaldo teria pegado uma faca e na discussão
Aline para se defender jogou gasolina nele, porém não teria ateado fogo, o que
teria sido ocasionado devido a casa onde o casal vivia ser luz de lamparina.
Nesse momento, disse Guida ainda, que sua filha já não estava mais dentro de
casa e Josinaldo ainda com a faca na mão e seu corpo em chamas correu uns 7 metros,
para fora de casa onde teve o fogo do seu corpo contido pelo padrasto de Aline.
A mãe de Aline falou ainda que sua filha passou 7 dias com ele no hospital,
como comprova suposta foto, tirada no celular.
A Redação do Portal CN Agitos
tentou entrar em contato com a Delegacia da Polícia Civil de Afonso Bezerra
para saber mais detalhes do caso, mas o telefone estava sem funcionar.
Segundo informações de conhecidos
da vítima, o sepultamento aconteceu em Afonso Bezerra. Josinaldo deixou uma
filha de 3 anos, de um outro relacionamento, em Currais Novos.

CN Agitos
Postado em 12 de janeiro de 2014 - 23:15h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *