O Comunicador

Hospital Regional de Currais Novos vinha descumprindo a legislação de acesso gratuito para a população

Apesar de o hospital ser
considerado pela SESAP como uma das melhores unidades da Rede Estadual, no se
refere à estrutura física e conservação, vinha descumprindo a legislação que
norteia os preceitos da universalidade e equidade, que garante assistência à
saúde gratuita para a população.

Tema de várias audiências com o
Ministério Público, o hospital que vinha sendo administrado pela Fundação Padre
João Maria, entidade da Diocese de Caicó, funcionava com dupla porta de
entrada. Ou seja, a mesma estrutura física que recebe pacientes do SUS também
recebe o privado (convênios e particular), fato que foi observado durante
auditoria realizada pela atual gestão da SESAP e motivou o início das
investigações.

Fonte: Marcos Dantas

Postado em 24 de dezembro de 2013 - 11:48h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.