O Comunicador

Evangélico é assassinado com vários disparos de pistola calibre 380 em Patu/RN

O paraibano Cleoton Correia Braga, natural de Cajazeiras-PB, com 52 anos de idade, encarregado de uma pedreira onde está sendo explorado mármore, localizada no sítio Cumaru, zona rural do município de Patu/RN, foi assassinado por volta das 12:00 horas desta sexta-feira (22), no local de trabalho, com vários disparos de pistola calibre 380. 
O homicídio ocorreu no momento em que os 22 funcionários da pedreira se afastaram cerca de 2 KM para almoçarem e o encarregado permaneceu só na pedreira. 
A vítima era funcionário da empresa que está explorando o mármore e seus familiares residem em Campina Grande-PB, não tendo aparentemente inimigos em Patu/RN, no entanto, há suspeitas que já estão sendo investigadas pelo Delegado Regional Sandro Reges, titular da 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Patu/RN. 
Segundo o delegado Sandro Reges, que compareceu ao local do homicídio, apesar da vítima aparentemente não ter inimigos nesta cidade, até porque ele era uma pessoa evangélica, sem vícios e envolvimentos promíscuos, a pessoa ou pessoas foram ao local com a clara intensão de executá-lo, haja vista a grande quantidade de cápsulas de pistola calibre 380 que ficaram no local e o indício de que a vítima ainda correu para se livrar dos disparos e apesar disso foi atingida na cabeça. 
O corpo foi isolado pela Polícia Militar até a chegada de uma equipe do ITEP de Mossoró/RN que fez a perícia e conduziu o cadáver para a sede do órgão em Mossoró para ser necropsiado e em seguida liberado para sepultamento que deverá ocorrer em Campina Grande/PB, onde residem seus familiares. 
Fonte: Patunews

Postado em 23 de novembro de 2013 - 11:05h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.