O Comunicador

Delegado já sabe quem deu tiros que mataram menino de 2 anos no RN

Léo Jackson foi atingido por estilhaços
na cabeça durante tiroteio em Mossoró.

Delegado que investiga o crime diz que
outros 2 suspeitos estão envolvidos.
A Polícia Civil do Rio Grande do
Norte já tem a identificação de um dos suspeitos de ter dado os tiros de
espingarda calibre 12 que vitimaram uma criança de 2 anos em Mossoró, na região
Oeste do estado. As balas também atingiram e mataram um jovem de 19 anos. O
menino, Léo Jackson Fernandes da Silva, foi atingido por estilhaços na cabeça
durante um tiroteio no dia 9 deste mês no bairro Planalto 13 de Maio, região
conhecida como Papoco. O menino foi socorrido com vida ao Hospital Regional
Tarcísio Maia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã seguinte. O
estudante Marcelo Augusto Nascimento Silva morreu na hora. Segundo a polícia,
os tiros tinham como alvo um adolescente de 16 anos, que escapou do atentado.

O delegado disse ao G1 que não
pode revelar o nome ou a idade do suspeito, mas adiantou que vem trabalhando na
tentativa de identificar outros dois envolvidos. “Já sabemos quem atirou, mas
não podemos dar detalhes porque ainda estamos identificando outras duas pessoas
que também têm participação no crime”, afirmou o delegado Cleiton Pinho,
titular da Delegacia Especializada em Homicídios de Mossoró.
Postado em 19 de novembro de 2013 - 11:13h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *