O Comunicador

Dois irmãos são assassinados e família busca por informações sobre o caso

Os familiares de dois jovens que
trabalhavam como auxiliar de cozinha estão revoltados e em busca de informações
que possam ajudar a entender os motivos pelos quais eles foram assassinados,
bem como identificar os autores. As vítimas foram baleadas quando estava indo
para casa e morreram, um no Walfredo Gurgel e outro no Santa Catarina.

Parentes informaram que, na noite
da última quarta-feira (6), Janisson Lima de Freitas, de 20 anos, saiu da obra
do aeroporto de São Gonçalo, onde trabalhava e foi pegar o irmão, Rafael Lima
de Freitas, de 19 anos, na casa de outra irmã, na zona Norte, para que eles
fossem juntos para casa, na cidade de Extremoz.

O cunhado das vítimas, Marcos
Oliveiras, relatou que os jovens disseram que iam pela estrada de Jardim
Progresso, mas ele alertou que ali era perigoso. “Eu pedi que eles não fossem
pelo Jardim Progresso, porque já estava tarde e o caminho era perigoso, mas
eles insistiram, pois aquele era o caminho mais curto. Por volta das 2h da
madrugada desta quinta-feira (7), recebi uma ligação da mãe deles, que sentiu
falta dos dois”, disse o cunhado.

 

A partir daí, ainda na madrugada,
familiares passaram a realizar buscas nos hospitais, mas eles não foram
localizados. Somente na manhã de ontem, é que Rafael e Janisson foram
encontrados em hospitais distintos, no Santa Catarina e no Walfredo Gurgel.
Apesar disso, nenhuma das duas unidades soube dizer como eles tinha ido parar
lá.

“Estamos indignados com a falta
de informações dos dois hospitais, que não souberam informar nem a hora que
eles deram entrada e nem mesmo quem prestou o socorro”, completou Marcos
Oliveira.

Os dois irmãos estão sendo
velados, sob um clima de forte comoção, no bairro de Igapó e serão enterrados
na manhã desta sexta-feira, em Extremoz. Os familiares afirmam que querem
entender o que aconteceu com Janisson e Rafael, pois, segundo relatos, os dois
eram trabalhadores e jamais tiveram envolvimento com nenhuma prática ilícita.

Via O quente da Noticia
Postado em 8 de novembro de 2013 - 15:15h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *