O Comunicador

Dilma lamenta não fugir das obrigações para namorar

Jornalistas gaúchos conseguiram
arrancar declarações surpreendentes da sisuda presidente Dilma Rousseff em
entrevista realizada nesta quarta-feira (6). Eles questionaram a petista sobre
seus hábitos em momentos de lazer e foram atendidos em conversa leve, diferente
das que acontecem normalmente com a mandatária nacional.
Ao entrevistar a presidente em
Brasília, os repórteres da rede RBS o que Dilma gosta de fazer para se distrair
e a gestora revelaram que não tem muito tempo e que gostaria de poder andar
mais pela rua, mas o aparato de segurança oficial não permite. Logo após,
revelou que gosta de “fugir” de vez em quando.
“Uma pessoa que foge não conta
que foge”, declarou. Logo depois, um jornalista questionou se as fugas
aconteceriam para namorar, no que foi acompanhado de uma negativa lamentosa.
“Não, querido, infelizmente, não. Seria muito bom que eu estivesse fugindo
para isso. Seria um momento de grande relaxamento, mas não é para isso,
não.”
Dilma falou ainda na célebre
escapada para andar de moto pela capital federal em agosto. Segundo ela, o
veículo proporciona “grande sensação de liberdade” e que, se tivesse mais
tempo, faria autoescola para se habilitar. Além disto, revelou também que
costuma se divertir bastante lendo charges e assistindo vídeos de imitações.

Fonte: BC News via O
paralelo

Postado em 7 de novembro de 2013 - 17:33h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *