O Comunicador

Delegado realiza diligências para investigar morte de universitários em Goianinha

O delegado Wellington Segundo,
que comanda a Delegacia da Polícia Civil de Goianinha, deu início, nas
primeiras horas desta segunda-feira (4), às investigações do duplo assassinato
registrado na madrugada deste domingo (3), tendo como vítima os jovens universitários
José Costa de Lima Júnior, de 21 anos, e Manoel Gomes Teixeira Neto, de 20
anos.

Em contato com a Delegacia de
Goianinha, a reportagem do Portal BO foi informada que desde que tomou
conhecimento da ocorrência, o delegado acionou sua equipe. Com isso, estão
sendo realizadas diligências na tentativa de encontrar indícios que possam levar
aos criminosos, bem como localizar as duas mulheres que teriam tido contato
pela última vez com as duas vítimas.

Essas duas mulheres, inclusive,
chegaram a ser apontadas como suspeitas por familiares dos jovens assassinados,
no entanto, a Polícia Civil afirma que ainda é cedo para falar sobre autoria do
duplo homicídio. O que se sabe é que José Costa e Manoel Neto estavam bebendo
em um bar, na cidade de Espírito Santo, junto com as duas mulheres.

Depois disso, os corpos deles
foram encontrados em um canavial, na rodovia que liga Espírito Santo a
Goianinha. Cada um deles foi assassinado com tiro na cabeça e o carro em que
eles estavam, um Fiat Uno, foi roubado. Os dois rapazes, ainda de acordo com o
que foi repassado por familiares para a polícia, não tinham envolvimento com
drogas. Manoel Gomes Teixeira Neto, que estudava Matemática na UFRN, era filho
do vereador de Espírito Santo, Wober de Souza Teixeira. A expectativa dos
policiais civis é que até ofinal do dia já se tenha pelo menos uma linha de
investigação mais forte.
Fonte: Portal BO

Postado em 4 de março de 2013 - 21:06h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *