8 de setembro de 2018

Giro de Notícias

Tragédia na zona Rural de Cerro Corá: Criança de 5 anos morre afogada em cisterna 

Na tarde dessa sexta-feira (07/09/18) a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de afogamento no sitio Chão da Divisão, município de Cerro Corá, onde uma criança tinha sido a vítima. Chegando no endereço citado a guarnição confirmou a denúncia e encontrou já sem vida um menino de 05 anos de idade identificado como CRISTIANO RODRIGUES DE OLIVEIRA que residia no sitio citado. 

Informações chegadas a Polícia davam conta que o garotinho desapareceu por volta das 14 horas e só foi encontrado às 17h30min dentro da cisterna. A cisterna está com a parte superior aberta o que contribuiu para tragédia. 

A Polícia Civil e o ITEP foram acionados para a perícia do local e fizeram remoção do corpo. Aos familiares nossos sentimentos.(J Junior) 

Grávida de dois meses é morta a facadas em Macaíba, RN 

Uma mulher, grávida de dois meses, foi assassinada a facadas no final da tarde desta sexta-feira (7) em Macaíba, cidade da Grande Natal. Segundo a Polícia Militar, o suspeito do crime é o companheiro da vítima, que fugiu com a faca na mão. Um dos filhos do casal, um menino, estava com a mãe no momento em que ela foi atacada. Ainda de acordo com a PM, a mulher foi identificada como Maria Pereira do Nascimento, de 39 anos. “O crime foi na rua Santa Luzia, no centro da cidade. O casal estava bebendo e houve uma discussão. Foi quando ela foi esfaqueada. 

O que sabemos até agora é que o suspeito é companheiro dela, e que fugiu levando a faca com ele”, disse o tenente Dênis, do 11º BPM. Ainda de acordo com o oficial, a família contou que Maria havia apanhado do marido fazia poucos dias, e que ela foi aconselhada a acabar o relacionamento, mas não o fez. Buscas pelo criminoso estão sendo feitas na região.(G1 RN) 

Autor do ataque contra Bolsonaro já está em Campo Grande 

Chegou a Campo Grande (MS) pouco depois das 13h deste sábado (8) o avião da Polícia Federal que partiu pela manhã de Juiz de Fora (MG) com o homem que, na última quinta-feira (6) que deu uma facada no candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro. Adélio Bispo de Oliveira, que confessou à polícia ser o autor do atentado, passará por exames de corpo de delito e, em seguida irá para o presídio federal de Campo Grande, onde ficará em uma cela de 7 metros quadrados. 

A transferência foi determinada pela Justiça Federal durante a audiência de custódia, na tarde de ontem (7). Segundo o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), o agressor ficará em cela individual, sem contato físico com outros presos da unidade. Nos primeiros dias, ele será submetido à avaliação médica e psiquiátrica. 

 A juíza federal Patrícia Alencar Teixeira de Carvalho, da 2ª Vara de Juiz de Fora, converteu a prisão em flagrante para prisão preventiva, sem prazo determinado. Nos primeiros 20 dias, o agressor terá direito apenas a visita de advogados. 

O advogado Zanone Manoel de Oliveira Júnior, que defende Adélio, informou que a defesa concordou com a transferência dele para um presídio federal, a fim de garantir sua integridade. O advogado também disse concordar com o indiciamento de seu cliente pelo Artigo 20 da Lei de Segurança Nacional, que fala em “praticar atentado pessoal ou atos de terrorismo, por inconformismo político”. 

 *Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário