16 de agosto de 2018

Juiz afasta exceção de suspeição, mas se declara suspeito em ação contra Prefeita

Juiz da 2ª Vara da Comarca de Currais Novos, Ricardo Cabral Fagundes, rejeitou exceção de suspeição arguida pelo advogado Felipe Cortez, que defende a prefeita de Cerro Corá em ação de improbidade administrativa que é movida contra pela pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte, "por ser extemporânea e sem qualquer fundamento", mas declarou-se suspeito, "por motivo de foro intimo", relacionado à reprovação pessoa "pela atuação antiética e desrespeitosa do advogado da parte em destaque". 

O juiz Ricardo Fagundes também se declarou suspeito "pelos mesmos motivos" no processo n.° 0101807-86.2018.20.0103, devendo ser juntada cópia desta decisão aqueles autos. Na decisão datada de ontem, o magistrado ainda determina que se comunique sua decisão à Corregedoria Geral de Justiça e após encaminhem-se ao substituto legal para prosseguimento dos dois processos em destaque.

*Cerrocoranews

Nenhum comentário:

Postar um comentário