6 de agosto de 2018

Divisão do eleitorado brasileiro: 52,5% mulheres; 47,5% homens

O eleitorado feminino é majoritário no Brasil. São 77 milhões, 337 mil, 918 eleitoras - 52,5% do total. São do sexo masculino 69 milhões, 901 mil, e 35 eleitores, representando 47,5% do eleitorado. Pela idade, maior quantitativo de eleitores está na faixa de 45 a 59 anos de idade: São 35 milhões, 742 mil, 439, correspondendo a 24,26% do total. 

Em seguida, estão os eleitores de 25 a 34 anos. São 31 milhões, 149 mil, 869 pessoas - 21,15% do total de eleitores. Reportagem no portal do TSE não cita a quantidade de eleitores na faixa de 18 a 24 anos.nem de 60 a 69 anos. Mas, quanto às demais faixas, cujo foto é facultativo assinala: Os jovens de 16 e 17 anos representam 0,95% do eleitorado em 2018, num total de 1.400.617 pessoas. 

Esse número refere-se ao quantitativo de eleitores que, em 7 de outubro, quando ocorre o primeiro turno das Eleições Gerais 2018, ainda estarão nessa faixa etária, e, portanto, poderão exercer seu direito facultativo ao voto. Os dados apontam uma redução de 14,53% no número de jovens eleitores, uma vez que, em 2014, foram registrados 1.638.751 eleitores nessa faixa etária. 

Já os eleitores acima de 70 anos, que também têm voto facultativo, são mais numerosos que há quatro anos. Em 2018, 12.028.495 eleitores nessa idade podem exercer o direito de escolher seus representantes – um aumento de 11,12% em comparação às eleições de 2014, quando 10.824.810 eleitores idosos podiam votar. 

GRAU DE INSTRUÇÃO 

Dados referentes ao nível de instrução mostram que a maior parte do eleitorado com registro na Justiça Eleitoral possui ensino fundamental incompleto. São 38.063.892 eleitores que declararam ter essa escolaridade. Outros 33.676.853 eleitores afirmaram ter concluído, pelo menos, o ensino médio. 

Já os eleitores com ensino superior somam 13.576.117 cidadãos, segundo a base de dados do Cadastro Eleitoral. Essas estatísticas, no entanto, precisam ser vistas com relatividade, uma vez que a informação reflete a escolaridade declarada pelo cidadão no momento do registro eleitoral ou da atualização de seus dados cadastrais. Para ler a reportagem completa no portal do TSE, 

Nenhum comentário:

Postar um comentário