29 de julho de 2018

Fundo Eleitoral bilionário vai bancar até suplente de senador

A criação do Fundo Eleitoral para financiamento de campanhas está influenciando a composição das chapas de candidatos ao Senado. 

 As vagas de suplentes de senadores, geralmente destinadas a parentes ou a endinheirados, agora entraram nas negociações de alianças. 

“Se antes o suplente precisava de recurso próprio para ajudar a eleger o senador, agora o partido pode alocar dinheiro do fundo na campanha”, observa o cientista político Antônio Queiroz. 

Na atual legislatura, 41 suplentes assumiram mandatos de titulares, mais da metade da Casa.

*BG

Nenhum comentário:

Postar um comentário