25 de julho de 2018

Fábio Dantas retira pré-candidatura criticando “velhas práticas” da política

O vice-governador do Estado Fábio Dantas (PSB) divulgou nota em suas redes sociais anunciando que não será candidato ao Governo do Estado este ano.  

A nota, também assinada pelo empresário José Vieira (PSB), até então pré-candidato ao Senado Federal, faz duras críticas à classe política potiguar por “velhas práticas”, “tráfico de influência” e “uso da máquina pública”. 

Fábio Dantas e José Vieira iniciam a nota fazendo retrospectiva das andanças que fizeram pelo interior do Rio Grande do Norte e agradecem ao PSB pelo apoio dado durante o período de pré-campanha.  

Na sequência, eles descrevem as mudanças que pretendiam promover no Estado, condenado a permanência de sobras orçamentárias com os poderes e os “intocáveis felizardos dos supersalários”. 

É no meio da nota divulgada pelos dois, porém, que são dirigidas palavras sobre as razões que fizeram Dantas e Vieira interromper a caminhada. Escreveram eles: “grande parte da classe política, que luta para perpetuar as velhas práticas, o tráfico de influências, o uso desmascarado da máquina pública, o ‘toma lá dá cá’, o cachimbo apagado e a boca torta, a parceira arraigada ao atraso e aos maus costumes”.  

A pré-candidatura de Fábio Dantas foi lançada em grande evento promovido pelo PSB no mês de março quando ele se filiou ao partido. Na ocasião, especulava-se que partidos como o PSDB apoiariam o projeto, o que não se confirmou. Recentemente, os tucanos declararam apoio à reeleição do governador Robinson Faria (PSD). Fábio permanece vice-governador até 31 de dezembro. 

 *Octávio Santiago

Nenhum comentário:

Postar um comentário