5 de abril de 2018

Veja a lista das cidades do Rio Grande do Norte que terão o sinal analógico de TV desligado em maio

A transição do sinal analógico para o sinal digital já começou no Rio Grande do Norte. No dia 30 de maio o sinal analógico será desligado nas seguintes cidades do estado: 

*Natal 
*Arês 
*Brejinho 
*Ceará-Mirim 
*Extremoz 
*Ielmo Marinho 
*Lagoa de Pedras 
*Lagoa Salgada
*Macaíba 
*Maxaranguape 
*Monte Alegre 
*Nísia Floresta 
*Parnamirim 
*Poço Branco 
*Riachuelo 
*Rio do Fogo 
*Santa Maria 
*São Gonçalo do Amarante 
*São José de Mipibu 
*São Pedro 
*Senador Giorgino Avelino 
*Serra de São Bento 
*Taipu 
*Tibau do Sul 
*Vera Cruz 
*Vila Flor 

Se a sua cidade não está nesta lista você pode consultar a data do desligamento do sinal analógico AQUI.  

Até o dia 30 de maio, a população dessas 26 cidades do RN listadas acima precisa preparar suas casas para que continuem assistindo os canais abertos de televisão. O sinal digital já está disponível e todo aparelho de televisão pode exibir a programação dos canais abertos com melhor qualidade. Se o equipamento for de tubo ou fabricado antes de 2010, precisará de uma antena digital e um conversor. Se o televisor for de tela fina fabricado depois de 2010, precisará apenas uma antena para TV digital. 




Seguindo algumas recomendações simples, o sinal digital será recebido em sua casa com o máximo de qualidade. Saiba se sua residência já está preparada ou se será necessário providenciar mudanças para continuar assistindo os canais abertos de televisão:  

1. Antena – Nem toda antena consegue captar o sinal digital de televisão. A antena deve ser própria para isso e a recomendação da Seja Digital é que o modelo seja externo, instalado no telhado da casa. Em caso de dúvidas, é recomendável contatar um antenista para fazer a instalação corretamente.  

2. Televisor – Se o aparelho for uma televisão de tubo, será necessário instalar um conversor de sinal. Se o televisor for de tela fina e não tiver o conversor embutido, também precisará de um conversor de sinal. Para ter certeza se o televisor já tem o conversor embutido, consulte o manual do fabricante.  

3. Conversor – São eles que transformam o sinal digital em analógico para que sua TV continue com a programação. Estão disponíveis em diversos modelos e faixas de preço. Podem incluir recursos como função de gravação de programas, entrada USB para conectar pen drives com conteúdos de vídeo, conexão HDMI, central interativa de mídia e painel com funções de navegação. Os conversores também vêm acompanhados de controle remoto, o que acaba sendo um recurso adicional para TVs antigas que não tenham o acessório. 

Famílias de menor renda atendidas pelo Governo Federal podem receber kits gratuitos  

As famílias de menor renda atendidas pelo Governo Federal nas 26 cidades da região, onde o sinal analógico será desligado em 30 de maio, podem agendar a retirada de seu kit gratuito, contendo antena digital e conversor com controle remoto, pelo telefone 147 (ligação gratuita) ou pelo site da Seja Digital. Para saber se tem direito, a população deve acessar o portal www.sejadigital.com.br/kit, clicar em “Programa de Distribuição de Kits” no menu superior e fazer a pesquisa utilizando o NIS (Número de Identificação Social) do responsável familiar.  

O sinal digital traz uma série de benefícios para os telespectadores. A qualidade da imagem e do som são os aspectos mais perceptíveis à população, pois não apresentam fantasmas, ruídos, chiados e interferências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário