9 de abril de 2018

"Eu prometi que mataria ele e cumpri", disse filho que matou o pai em Natal

A polícia autuou em flagrante o desempregado Arthur de Oliveira Fernandes, de 18 anos, por homicídio qualificado. O morador do bairro Dix-Sept Rosado confessou ter matado o próprio pai com golpes de faca, na madrugada deste domingo (8), enquanto a vítima dormia, dentro de casa. 

O autor do crime fez 18 anos no mesmo dia que cometeu o assassinato. Uma vizinha da vítima relatou à reportagem do Portal BO que Arthur prometia matar o pai durante discussões diárias e testemunhadas por todos os moradores. "Eram brigas frequentes e sempre movidas a ameaças de morte, mas nunca pensei que terminasse assim", relatou a dona de casa Monaliza Silva. 

O delegado Sérgio Freitas, responsável pela apuração preliminar do caso, ouviu o irmão da vítima e alguns vizinhos. Na Delegacia de Plantão, o autor confesso do assassinato revelou ter cumprido o que prometeu e não apresentou em nenhum momento arrependimento. 

"Eu prometi que mataria ele e cumpri", disse. Arthur sofreu uma tentativa de linchamento após tentar fugir do local do assassinato, mas acabou preso pela Polícia Militar. O delegado destacou que o crime é qualificado devido à premeditação e à crueldade.

*Portal BO

Nenhum comentário:

Postar um comentário