4 de abril de 2018

Dirigente do MST promete ocupar “todos os prédios públicos” e “todas as terras”, com “porrada, guerra e luta”

Após o voto contrário a Lula dado pela ministra Rosa Weber, o dirigente do MST (Movimento Sem Terra) Alexandre Conceição prometeu nesta quarta (4) ocupar “todos os prédios públicos” e “todas as terras”, com “porrada, guerra e luta”. 

A fala arrematou o ato desta quarta-feira (4), em Brasília, em desagravo ao ex-presidente —que teve seu habeas corpus julgado pelo Supremo Tribunal Federal. 

O fim do protesto seria antecipado após um “grave comunicado”, avisou o locutor, explicando em seguida que Rosa Weber tinha esmagado as chances de vitória na corte, já que dificilmente Cármen Lúcia votaria em prol de Lula. 

 *Folhapress

Nenhum comentário:

Postar um comentário