25 de março de 2018

76% apoiam intervenção no Rio, mas 71% não percebem melhora na segurança, diz Datafolha

Uma pesquisa feita na última semana pelo Datafolha na cidade do Rio de Janeiro indica que a maioria da população continua apoiando a intervenção federal, determinada no dia 16 de fevereiro pelo presidente Michel Temer. Apesar da aprovação de grande maioria dos entrevistados, muitos disseram não perceber melhora na segurança com a intervenção, que permanece até o dia 31 de dezembro de 2018. O levantamento foi feito em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Foram ouvidas 1.012 pessoas de quarta (20) a sexta-feira (22). A margem de erro é de três pontos percentuais. 

De acordo com a pesquisa, 76% são favoráveis à intervenção federal na segurança pública do estado e 20% são contra – 5% não opinaram. Apesar do apoio à intervenção, a maior parte dos entrevistados na pesquisa (71%) também acredita que a ação do Exército desde o mês de fevereiro não fez diferença no combate à violência no Rio. Outros 21% acham que a situação melhorou com a presença dos militares, e 6% acham que piorou. 

A pesquisa também apontou que metade da população entrevistada acredita que a segurança na cidade vai melhorar quando a intervenção acabar. De acordo com o Datafolha, 52% acredita em melhora, 36% acha que o cenário vai permanecer o mesmo e 8% acredita que a segurança vai piorar. Não sabem ou não opinaram contabilizaram 4%. 

O levantamento também indica que a sensação de insegurança na cidade continua alta. A grande maioria dos moradores afirma que gostaria de deixar o Rio por causa da violência (73%). A proporção é similar à registrada em outubro de 2017 (72%). 

 *G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário