6 de dezembro de 2017

Caciques do RN estão fuzilando o governador Robinson Faria

O jogo é bruto, os caciques do RN estão trabalhando para derrubar o governador Robinson Faria. Todos sabem que os senadores Garibaldi Alves e José Agripino estão acertados para disputarem à releição para o Senado num acordo entre Alves e Maia acomunados com o prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves para governador. Cientes que estão afetados moralmente por seus envolvimentos e suspeitas de falcatruas e investigados pela Polícia Federal, os senadores Maia e Alves estão fazendo de tudo para prejudicar o governador Robinson Faria. 

Eles sabem que o fracasso de Robinson significa o retorno deles ao poder.. Fontes seguras do Blog do Primo afirmam que tanto Garibaldi como Agripino trabalham em Brasília junto ao Bando do Brasil e Caixa Econômica para impedir a liberação os empréstimos contratados e aprovados que regularizaria o pagamento da folha de pessoal do Governo do Estado. Além de desprezarem o governador em Brasília, agora eles entraram com força no Tribunal de Contas para conseguirem um parecer técnico reprovando as contas da gestão do governador Robinson Faria no exercício de 2016. 

Todos sabem que os conselheiros do Tribunal de Contas foram indicados e nomeados pelos esquemas Maia e Alves. Na esteira, contribuindo com os interesses dos caciques senadores, mas, com astúcia para passar a perna neles, está o deputado federal saco preto Rogério Marinho, querendo que o mar pegue fogo para ele comer peixe frito. Qual é a de Rogério? O deputado sabe que havendo um afastamento do governador Robinson o vice-governador Fábio Dantas assumirá o Governo do Estado, Fábio sempre manifestou o desejo de ir para o Tribunal de Contas, isso ocorrendo, assumirá o Governo do Estado o Presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza, correligionário de Rogério e provavelmente candidato ao Governo do RN em 2018 . 

Já o deputado Gustavo da Ponte, vice-presidente da Assembleia, trabalha na surdina ventilando o nome de Ezequiel para disputar o Governo do Estado deixando o caminho dele aberto para assumir à Presidência da Assembleia Legislativa e ser candidato a reeleição na próxima legislatura.. Um fato tem que ser levado em consideração, os senadores José Agripino e Garibaldi Alves não moveram uma palha para ajudar Robinson sair do atoleiro que o RN está submetido, muito pelo contrário, eles atrapalham.. Garibaldi Alves e José Agripino jamais aceitaram a derrota que tiveram em 2014..


A senadora Fátima Bezerra até ajudou o Estado quando Dilma era Presidente da República, mas após o impeachment, como senadora de oposição não tem força junto ao Presidente Temer que é correligionário de Garibaldi e aliado de Agripino. Essa velha politicagem, é que afunda cada vez mais o nosso cansado RN.. Espírito público no RN não existe, aqui é como dizia o saudoso senador Dinarte Mariz: “Na política do RN é um querendo derrubar o outro”, mas enquanto isso que está sendo derrubado é o povo por uma classe política que só ver seus interesses pessoais e familiares..

*Fonte: Blog do Primo

Nenhum comentário:

Postar um comentário