29 de novembro de 2017

Funasa distribui equipamentos para tratar água em pequenos municípios

A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) comprou 452 máquinas Salta Z, capazes de transformar água suja em potável, própria para o consumo. O equipamento será distribuído em cidades com até 50 mil habitantes. 

O anúncio foi feito durante o I Congresso Internacional de Engenharia de Saúde Pública e de Saúde Ambiental da Funasa (Ciesa), que ocorre na cidade de Belém, no Pará. O evento reúne mais de 900 representantes da saúde ambiental do mundo. Desenvolvido pelos servidores Eladio Braga de Carvalho, João Nunes Monteiro e Leila Costa Rosal, o equipamento é um tipo de filtro com tecnologia totalmente brasileira e está sendo considerada uma solução inovadora, simples e de custo médio de R$ 17 mil. “Conhecemos hoje uma solução simples, inovadora, de baixo custo, capaz fornecer água própria para o consumo e, desta forma, evitar, por exemplo, doenças transmitidas pela água contaminada”, ressaltou o ministro da Saúde, Ricardo Barros, em homenagem aos servidores responsáveis pelo projeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário