10 de novembro de 2017

Acusado de tentar matar promotores em Natal faz novo exame de sanidade mental

Nesta sexta-feira (10), o ex-servidor do Ministério Público do Rio Grande do Norte que atirou em três promotores de Justiça em março deste ano, dentro da sede do MP, passou por um novo exame de sanidade mental, nesta manhã. Guilherme Wanderley Lopes deixou o Instituto Técnico-Científico de Perícia, em Natal, em companhia de policiais que faziam sua escolta. 

 Segundo a reportagem, a perícia foi realizada por um médico psiquiatra do órgão, que é lotado em Mossoró. O Itep enfrenta falta de psiquiatras, segundo o que foi informado pelo próprio órgão. Por causa do déficit, Guilherme tinha sido submetido a um exame realizado por um perito contratado pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. Tanto a defesa como a acusação concordaram com a medida.

*Via Jair Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário