4 de outubro de 2017

Vereadora Graça Santos usou sua pagina na face para falar de sua decepção diante do episódio na câmara

Quando entrei para a política e me vi eleita vereadora por Cerro Corá vi também crescer em mim a falsa esperança de que poderia somar, unir-me aos demais para juntos construirmos uma Cerro Corá mais humana, digna e justa para todos. Entretanto, estamos no décimo mês de mandato e cada dia que passa consigo me decepcionar ainda mais com as atitudes de alguns que, da mesma forma que eu, receberam a confiança da população e a responsabilidade de representar o município e cuidar dos interesses dos que nele residem, mas que não conseguem defender além dos seus próprios interesses. 

Vereadores de oposição ao governo da prefeita Graça Oliveira acabaram de boicotar a aprovação de Projeto de Lei importantíssimo para o incremento das arrecadações municipais a partir de janeiro do ano que vem. Estivemos presentes, eu e os vereadores de nossa bancada, a sessão extraordinária convocada pelo próprio presidente da câmara para a aprovação do PL e outras matérias de minha autoria que estavam em pauta na sessão da última sexta-feira, cancelada por "falta de quorum", quando fatos ocorridos naquela noite já demonstravam claramente a tentativa dos nobres colegas de oposição em prejudicar a aprovação do instrumento. 

Insistimos, eu e o vereador Maciel Freire, para que fosse marcada uma reunião extraordinária para esta segunda-feira a fim de que aprovassemos o projeto no prazo e não comprometessemos as arrecadações tributárias do município. Estávamos lá no horário marcado, aguardamos e nenhum dos vereadores oposicionistas apareceu. Moral da história: a cobrança de ISS sobre alguns tipos de serviços que não estavam inclusos em nosso código tributário está comprometida, o município não contará com o incremento de suas receitas num dos momentos de maior crise já vivenciadas no nosso país. 

Tal atitude demonstra o despreparo, desrespeito, falta de compromisso e seriedade desses "representantes", que não conseguem desarmar os palanques e estão mais preocupados em prejudicar as ações do Executivo do que unir forças, pensamentos e ações para desenvolver uma política eficiente, a altura da que o nosso povo merece e espera de cada um nós. Me sinto envergonhada pela classe e impotente diante de tantos absurdos. Mas a população é o verdadeiro e legítimo juiz. Precisamos analisar minuciosamente a conduta de nossos representantes. Não podemos confiar nosso futuro, o futuro de nossa cidade, a pessoas que notadamente não demonstram estar alinhadas com os anseios da população. Acompanhe, cobre, fiscalize. Você, cidadão, cidadã, tem total apoio e poder para isso. Não escolha errado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário