25 de agosto de 2017

Zeca Araújo fomenta novas parcerias visando o fortalecimento da cadeia têxtil da Serra de Santana

O empresário da ZAJA Confecções e vice-prefeito de Cerro Corá recebeu esta semana em sua empresa Lili Pinheiro e Pedro Pinheiro, representantes da FARM e Zinzane, duas importantes marcas de moda a nível nacional e que surgem como uma nova oportunidade para as indústrias do vestuário da região. Preocupado com as constantes baixas do setor, Zeca Araújo, que também é presidente da Associação Seridoense de Confecções, negocia uma nova demanda de produção não somente para a ZAJA, que já iniciou o trabalho de confecção de artigos em parceria com a FARM, mas para as demais empresas do segmento instaladas tanto em Cerro Corá quanto em Bodó, além de estimular a abertura de novos empreendimentos do setor em outras cidades da Serra de Santana, como Lagoa Nova. 

A expectativa quanto ao volume de produção gerado a partir das novas parcerias gira em torno das 30 mil peças por mês. Além da costura dos artigos, estão previstas as etapas de acabamento e embalagem nas próprias facções, o que proporcionará uma estrutura ainda mais completa às empresas e possibilitará que os produtos saiam das facções diretamente para as lojas. 

Os empresários Edson Silva, de Cerro Corá, e Lupércio Júnior, de Bodó, também participaram da reunião, além de Graciele Santos, Supervisora da ZAJA, e Kênio Lucena, que também pretende investir na área já no ano de 2018. "Esses seriam os primeiros passos para a construção do polo têxtil que estamos projetando para os próximos 10 anos e que envolve Cerro Corá, Bodó, Lagoa Nova e toda a comunidade rural da serra", enfatiza Zeca Araújo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário