25 de agosto de 2017

Detran reforça vistorias para combater adulteração e clonagem de veículos

O Governo do Estado por intermédio do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) reforçou os cuidados nos procedimentos de vistoria dos veículos que são alvos de transferência de propriedade e naqueles que são apreendidos e passam por averiguação técnica antes de serem liberados para circulação. 

A medida visa combater a clonagem, adulteração e o roubo de automóveis no âmbito estadual. O sistema consiste na integração do Detran, Delegacia Especializada na Defesa de Propriedade de Veículos (Deprov) e o Itep. No caso, os veículos vistoriados pelo Detran passam por uma análise criteriosa de verificação dos itens de segurança e identificação veicular, a exemplo do chassi, motor, lacres e placas. 

Aqueles em que os vistoriadores encontram qualquer tipo de suspeita de adulteração são automaticamente incluídos no sistema do Órgão como veículo com Impedimento Administrativo, o que impossibilita qualquer tipo de transferência de propriedade ou outros procedimentos de negociação legal do automóvel. Os dados do proprietário e do veículo com impedimento administrativo com suspeita de adulteração são imediatamente repassados para a Deprov e Itep, que intimam o responsável pelo automóvel e agem no tocante a confirmar ou não o fato de adulteração, clonagem ou roubo. 

Somente neste ano, o setor de Vistoria Veicular do Detran já impediu a transação de 78 veículos por suspeita de adulteração, sendo até o momento um deles confirmado como carro roubado. A Direção Geral do Detran vem investido na qualificação de mais servidores para atuar no setor de Vistoria do Departamento. A Escola Pública de Trânsito do Detran formou neste ano 63 novos servidores no curso de Vistoriador Veicular, sendo deste total 28 policiais. Esses profissionais vão ser utilizados em serviços internos como também devem auxiliar os policiais em blitzen. Já que possuem conhecimento técnico para avaliar possíveis pontos de adulteração nos carros fiscalizados.

*BG

Nenhum comentário:

Postar um comentário