21 de julho de 2017

Inventário turístico cita Festival de Inverno entre seis principais atrativos

Em parceria com instituições privadas e públicos, a prefeitura de Cerro Corá promove entre os dias 4, 5 e 6 de agosto o 15 Festival de Inverno daquela cidade situada na microrregião da Serra de Santana, na região do Seridó e a 190 quilômetros de Natal com acesso pela rodovia federal BR-226. O tema do evento este ano é "Heranças do novo povo, tradição de nossa gente", já aparado com do "Inventário da oferta turística" do município, um documento de 92 páginas resultado de uma compartilhamento entre a Secretaria Municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Turismo e o curso de Turismo da Universidade Federal (UFRN). 

Segundo o documento, o projeto de inventariação turística de Cerro Corá surgiu da necessidade que a cidade tem em saber de forma detalhada o perfil da oferta turística que dispõe para atender à demanda turística (nacional e internacional) real e potencial. Sendo assim, a inventariação turística do município foi realizada, com base na metodologia oficial do Ministério do Turismo que é adotada em todas as regiões e municípios turísticos brasileiros. 

O inventário turístico contempla informações sobre as categorias centrais definidas pelo Ministério do Turismo: Infraestrutura de Apoio ao Turismo; Serviços e Equipamentos Turísticos; Atrativos Turísticos. O Inventário Turístico é a primeira ação no campo do turismo para que a gestão pública local e os empresários tenham mais informações de qualidade para iniciar o planejamento e/ou reorganização, que são diretrizes para o desenvolvimento do setor de forma mais participativa e democrática. 

Já o Festival de Inverno foi criado em 2003 e atualmente faz parte dos seis atrativos turísticos agora considerados no inventário, começando pelo clima frio, que agora em agosto chega a 18º em alguns dias, as nascentes do rio Potengi, o maior do Rio Grande do Norte e que banha Natal, a capital do Estado, além da casa de pedra, pinturas rupestres e conventos, assim denominados um conjunto de pedras de granito que mais parecem casas. 

Pra receber os turistas, o inventário aponta que existem 94 leitos em Cerro Corá, sendo quatro pousadas e 40 unidades habitacionais.O visitante podem contar, ainda, com cinco restaurantes, duas padarias, 12 lanchonetes e seis bares, que contam com capacidade para 1.250 pessoas sentadas. A programação social do Festival de Inverno vai ocorrer na praça Tomaz Pereira de Araújo e na avenida São João, no centro da cidade, com apresentação do Madrigal da UFRN na sexta-feira (04), violeiros, mamulengos, bois de reis, saltimbancos e capoeira. 

Os shows artisticos terão o saxofonista Carlos Guedes, Cleiton Pinheiro, banda Feras, Relabucho, no dia 04. No sábado (05), apresentam-se a Big Banda do Sesi, Uskaravelhos, Confraria do Fole, Calcinha Preta e Rodrigo Potiguar, enquanto no domingo (05) os shows são da banda Almanará, Robson Semog, Raynel Guedes e Rodolfo Lopes. 

A prefeita Graça Oliveira diz que, na verdade, "não há espaço para todos os artistas cerrocoraenses se apresentarem no Festival de Inverno, mas virão outros e quem não teve oportunidade agora, terão mais adiante". Para o Festival de Inverno deste ano estão disponíveis 600 mesas, que podem ser adquiridas por R$ 70,00, dividas em quadras que homenageiam personagens da cidade. Informações pelos telefones 3488.2398 / 9.9488.8377 / 9.9977.7233.

Nenhum comentário:

Postar um comentário