24 de julho de 2017

Ex-secretário de Carlos Eduardo, filho e neto de ex-senador Geraldo Melo, são presos na Operação Cidade Luz

Mais um ex-secretário do prefeito Carlos Eduardo foi preso na manhã desta segunda-feira 24, o secretário da SEMSUR e filho do ex-senador Geraldo Melo, Jerônimo da Câmara Ferreira de Melo, acusado de superfaturamento e pagamento de propina aos contratos firmados entre empresas e a Secretaria para prestação de serviços referentes à manutenção e a decoração do parque de iluminação pública de Natal. 

Foram expedidos 15 mandados de prisão por cinco dias, para: Adelson Gustavo Coelho Ponciano, Alberto Cardoso Correia do Rego Filho, Antônio Felipe Pinheiro de Oliveira, Antônio Fernandes de Carvalho Junior, Daniel Fernandes Ferreira de Melo, Epaminondas da Fonseca Ramos Junior, Jerônimo da Câmara Ferreira de Melo, Jorge Cavalcanti Mendonça e Silva, Kelly Patricia Montenegro Sampaio Alves, Mauricio Custódio Guarabyra, Mauricio Ricardo de Moraes Guerra, Sergio Pignataro Emerenciano e Valério Max de Freitas Melo. Além deles, foram presos preventivamente Allan Emmanuel Ferreira da Rocha e Felipe Gonçalves de Castro. 

O MPRN descobriu também que a organização criminosa é integrada por um núcleo de lavagem de capitais através de pagamento de propina a agentes públicos, sejam em espécie ou aquisições de veículos. Além de Jerônimo Melo, o seu filho Daniel de Melo, também foi preso, acusado de integrar a quadrilha. A investigação iniciou em 11 de março de 2015 e os investigados foram acusados de peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, organização criminosa, lavagem de dinheiro, dispensa de licitação, fraude em licitações e formação de cartel.

*Thalita Moema

Nenhum comentário:

Postar um comentário