12 de abril de 2017

Os apelidos dos políticos potiguares na lista da Odebrecht

As delações da odebrecht atingiram sete nomes no Rio Grande do Norte. Serão investigados o governador Robinson Faria, seu filho, o deputado federal Fábio Faria, e a prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini. O Senador José Agripino, o Deputado Federal Felipe Maia, a atual vereadora Wilma de Faria e o ex-deputado Henrique Alves. 

Os potiguares também receberam apelidos na lista da construtora. O Deputado Federal Fábio Faria era tratado com o “Garanhão”. De acordo com cinco delatores da empresa, o deputado e o governador receberam R$ 100 mil via caixa dois para campanha eleitoral de 2010. 

Em outra ocasião, foram chamados de “Bonitão” e “Bonitinho”, respectivamente. Já a ex-governadora Rosalba, atual prefeita de Mossoró acusada de receber R$ 350 mil na campanha de 2010, consta no sistema da empresa com o apelido “Carrossel”. 

O Senador José Agripino e o seu filho, deputado federal Felipe Maia são apontado pelo delatores com os apelidos “Pino” para o pai e “Pininho” para o filho. Os dois juntos “teriam recebidos R$ 150 mil” também na campanha de 2010. Não conseguimos localizar os apelidos do Senador Garibaldi Filho, o ex-deputado Henrique Alves e a vereadora Wilma de Faria.

*Blog do BG

Nenhum comentário:

Postar um comentário