3 de abril de 2017

Morre em Brasília, Antonio Rufino, o "Bujão", um dos filhos de "Churiba"

Vítima de infarto às 11 horas desta segunda-feira (03), faleceu em casa, em Taguatinga, cidade satélite do Distrito Federal, o cerrocoraenses "Bujão", um dos filhos de "Churiba", já falecido e que era funcionário da antiga Bodominas. "Bujão" residiu com a familia na antiga rua Tristão de Barros, hoje denominada Gracindo Deitado. 

A informação sobre a morte de "Bujão", que era servidor da Companhia Energética de Brasilia (DF), saiu na rede social Facebook. 

Ele faleceu justamente no dia em que completava 62 anos de idade, nascido em 03 de abril de 1955. Assim, o seu cunhado Edson Almeida se reportou em sua página na rede social: "Que Deus arranje um cantinho especial para o meu cunhado Antenor Rufino, vulgo Buja Rufino. Buja vem de um apelido carinhoso, na época não tinha essa frescura de "Buling". 

Barrigudo como um Botijão de gás. Agora entendo o seu apelido. Ele era cheio do gás dá alegria, do gás dá felicidade. Meu desafiante de Xadrez. Confesso que o máximo que eu conseguia era um empate. Um dia nos encontraremos para jogar xadrez lá em cima. Vai com Deus".

*Via Cerrocoranews

Nenhum comentário:

Postar um comentário