20 de fevereiro de 2017

Cerro Corá: Incêndios a quatro ônibus escolares deixam 2.500 alunos sem aulas

O vandalismo que surpreendeu a comunidade de Cerro Corá no fim da noite de domingo deixou um rastro de destruição. O ato criminoso surpreendeu toda a população, autoridades públicas e a comunidade escolar, que ficou sem aulas nesta segunda-feira (20), quando estava programado o início do ano letivo nos estabelecimentos de ensino, nas zonas urbana e rural do município. 

 A prefeita de Cerro Corá, Graça Oliveira (PSD), lamenta o episódio e o prejuízo que o ato de vandalismo venha a trazer para os estudantes. Ela disse que todas as providências serão tomadas, a fim de que o início das aulas ocorra com brevidade, mesmo diante da situação em que ficou o transporte escolar. Segundo a prefeita, em torno de 2.500 alunos estão sem aulas, no momento, mas que o crime também afetou estudantes da rede estadual de ensino, principalmente da zona rural, que se deslocam à noite para estudar na Escola Estadual Querubina Silva. 

 Graça Oliveira continuou: "A gente tinha organizado toda a frota, comprado pneus e baterias novos, trocado óleo de motor”. Agora, segundo a prefeita, aguarda-se, na manhã desta segunda-feira, a vinda de Currais Novos da Policia Civil para fazer os primeiros levantamentos a respeito do ato de vandalismo, que é um crime contra o patrimônio público e daí abrir as investigações e o inquérito policial para se chegar aos autores do crime. 

“O vigia também foi um herói, evitou que outros veículos fossem incendiados”, encerrou ela.

*Cerrocoranews

Nenhum comentário:

Postar um comentário