1 de fevereiro de 2017

"A polícia perdeu um herói e eu um filho maravilhoso", disse o pai do soldado Pessoa

O pai do policial militar Daniel Pessoa, morto após reagir a um assalto dentro de um shopping na zona Norte de Natal, no final da manhã desta terça-feira (31), disse que a Polícia Militar perdeu um herói e ele um filho prestativo e maravilhoso. Carlos Pessoa esteve no ITEP para a liberação do corpo do filho e não conseguiu esconder a emoção e principalmente a revolta depois do crime.Emocionado Carlos disse que jamais podeira imaginar uma tragédia tão grande na família e falou de Daniel como um filho prestativo, atencioso, carinhoso com todos e acima de tudo dedicado a profissão. 

"Estou procurando ser forte por que todos estão muito abalados com essa tragédia, a mãe dele é muito religiosa, mas é mãe e está sendo terrível para ela. Se você me perguntar o que estou sentindo agora eu respondo que é uma mistura de tristeza com revolta. Tristeza por que perdi um menino maravilhoso, querido por todos da família e colegas de farda. 

Revolta por que sei que quem fez isso pode até ser preso, mas logo estará nas ruas matando outros pais de família, isso é lamentável, mas é a mais pura realidade que estamos condenados a testemunhar", declarou. Carlos ainda relatou que Daniel morreu como um herói e sempre quis ser policial, quando pequeno falava em proteger as pessoas. O soldado Daniel de Oliveira Pessoa era casado , tinha 31 anos e pai de uma menina. A família do PM conta com o apoio de amigos que desde o registro do fato se mostram prestativos disponibilizando atenção e conforto.

*Portal BO

Um comentário:

  1. Daniel é filho de maria José, que é filha de Zé né e Almira (ja falecida) aí de cerro Corá, sendo Daniel sobrinho de Maria de Rita chico né, socorro de Alcindo, vital....Grande perda para nossa família

    ResponderExcluir