17 de janeiro de 2017

Governo do RN esvaziará pavilhão 5 onde estão presos que mataram 26

O governo do Rio Grande do Norte esvaziará o pavilhão 5, de onde saíram os presos que mataram 26 pessoas na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, disse nesta segunda-feira (16) Wallber Virgolino, secretário da Justiça e Cidadania (Sejuc). 

As mortes foram resultado de uma rebelião na qual detentos do Primeiro Comando da Capital (PCC) saíram do pavilhão 5, quebraram um muro e invadiram o pavilhão 4, onde estão os presos do Sindicato do RN –facção criminosa rival do PCC e à qual, segundo o governo do Rio Grande do Norte, pertenciam todos as vítimas. A maioria morreu decapitada. 

“A intenção da Sejuc é isolar o pavilhão 5, ou seja, construir um muro, reformar. Para isso, ele será esvaziado”, disse Virgolino em entrevista no início da noite. Os presos do pavilhão 5 irão para outros dos pavilhões de Alcaçuz –que não aqueles onde estão os integrantes da facção rival do PCC– ou em outras unidades do estado, afirmou o secretário. Ele não deu prazo para a transferência e a consequente reforma ocorrer no local. 

*G1 RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário