28 de outubro de 2016

Cantor do RN premiado com disco de ouro e platina é condenado a 14 anos de prisão

O cantor Edy Lemos, 54 anos, foi condenado nesta quarta-feira, 26, a 14 anos de prisão por ter abusado sexualmente de três crianças, em Portugal. A informação foi confirmada pela imprensa portuguesa. O julgamento ocorreu no Tribunal de Gaia. Os juízes consideraram o cantor mossoroense culpado pelo abuso de três meninos, com idades de 8, 12 e 14 anos. 

Os crimes teriam sido praticados, segundo a imprensa de Portugal, no ano de 2012, justamente no período em que Edy retornou a Mossoró. A imprensa destaca que, segundo a Polícia, Edy Lemos utilizava sua atividade como músico para conhecer os menores e os seus pais. Depois disso, conseguia autorização para dar aulas às crianças, quando teriam acontecido os abusos. 

O retorno de Edy Lemos ao Brasil, ainda conforme a imprensa de Portugal, teria acontecido após as crianças terem denunciando o abuso aos pais. Em maio desse ano, o cantor foi preso ao desembarcar no Aeroporto do Porto. Desde então, aguardava o julgamento. 

O Mossoroense

Nenhum comentário:

Postar um comentário