17 de agosto de 2016

Alcaçuz e Nova Cruz serão os próximos alvos dos bloqueadores de celular, diz Virgolino

Instalados no final do mês passado, os bloqueadores de sinal de rede celular que foram colocados no Presídio Estadual de Parnamirim (PEP) estão funcionando quase que com total efetividade. 

Em entrevista, o secretário de Justiça e Cidadania do Estado (Sejuc), Wallber Virgolino, revelou que funcionários da empresa responsável estão, diariamente, fazendo visitas ao local para realizar ajustes. “A empresa disse que tem 30 dias a partir da data de instalação para que o equipamento funcione com total eficiência. Todos os dias os funcionários deles vão lá e realizam alguns ajustes, como identificação e retirada de pontos cegos que poderiam ser aproveitados pelos detentos. Mas de modo geral está tudo ocorrendo bem. 

Dentro do prazo o bloqueador terá eficiência de 100%. Atualmente, diria que está em 98, 99%”, contou. Segundo o secretário, a intenção do Governo do Estado é instalar os bloqueadores em todos os presídios potiguares. Entretanto, Virgolino preferiu não dar prazos, uma vez que as medidas de implantação não dependem apenas da Sejuc, mas revelou quais serão os próximos presídios a receberem o equipamento. “Estamos andando com os processos e tentando agilizar a instalação dos bloqueadores em Alcaçuz e no presídio de Nova Cruz. São nossos dois próximos alvos. 

É importante que estes presídios estejam com os bloqueadores o quanto antes. Não posso determinar prazo por que não gosto de ser chamado de mentiroso. É uma situação que não depende somente da Sejuc e sim de um conjunto de secretarias”, disse, completando: “Mas estamos viabilizando o orçamento para implementar esse modelo único de segurança no Nordeste, algo que é visto, inclusive, em pouquíssimos estados do Brasil”, concluiu. 

*Via Marcos Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário