13 de julho de 2016

Mulher é detida com mais de 2000 aves abatidas em Natal

Policiais civis da Delegacia Especializada em Proteção ao Meio Ambiente (DEPREMA), com o apoio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e a Delegacia Especializada de Assistência ao Turista (Deatur), prenderam em flagrante, na tarde desta terça-feira (12) no bairro do Alecrim, Jacira Zuza Maia, 61 anos, por crime ambiental. Através de investigações de inteligência na modalidade disfarce, a mulher foi convencida a trazer uma certa quantidade de aves e animais, sendo apreendidas com ela 140 sacolas com aves arribaçãs, somando no total 2.380 unidades das mesmas, além de 24 preás e 04 marrecos. 

Jacira já tinha várias reincidências, dentre elas uma prisão realizada pela Polícia Rodoviária Federal em 2014, onde foram apreendidas 32 mil aves arribaçãs. A mulher foi encaminhada à delegacia, onde respondeu um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), sendo autuada por venda de aves migratórias e animais exóticos da fauna brasileira, configurando crime ambiental em âmbito federal. 

*190 RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário