16 de junho de 2016

Vítima declarava amor enquanto era esfaqueada, diz acusada

Após apreensão da acusada de assassinar Camila Severina Gomes de Lima, de 20 anos, o Delegado de Homicídios, Gaudênio Neto, que investiga o caso, informou a imprensa local que o crime é considerado passional e a menor de 15 anos teria planejado matar a jovem dois dias antes. A acusada disse à reportagem que mantinha um relacionamento amoroso com a vítima a pelo menos três meses e que outras duas mulheres estavam envolvidas com a vítima e a acusada, porém essa mulheres não participaram do crime. 

A adolescente confessou o crime na delegacia e revelou que havia tido um relacionamento amoroso com a vítima e que decidiu assassiná-la porque ela estava ameaçando acabar a relação. Gaudêncio disse ainda que haviam diversas mensagens contendo ameaças entre a vítima e acusada e que as duas tiveram uma de conversa antes do crime. Ele explicou que a adolescente acusada conseguiu atrair Camila para o local onde aconteceu o crime. 

O delegado disse que a vítima teria dito em casa, antes de sair, que iria por fim ao relacionamento e que se alguma coisa acontecesse a ela a culpa seria da jovem. Adolescente de 15 anos é apreendida acusada de matar jovem a facadas em Patos A acusada desferiu cerca de 20 golpes de faca peixeira na vítima e contou a reportagem que só parou de esfaquear Camila quando ela começou a dizer que a amava. A polícia vai investigar se as outras duas mulheres envolvidas no relacionamento amoroso tem participação no crime. 

 *Fonte: maispatos.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário