11 de maio de 2016

Suspeito de atirar e deixar vigilante de farmácia paraplégico é preso em Natal

Um homem preso pelos policiais do 9º Batalhão de Polícia Militar (9ºBPM), na madrugada desta terça-feira (10), após roubar um bar próximo ao viaduto da Urbana e colocar objetos na Avenida Bernardo Vieira, no bairro das Quintas, em Natal, no intuito de praticar assaltos aos motoristas que trafegassem naquela via, confessou a delegado Jodelcir Pinheiro, da 12ª Delegacia de Polícia Civil, que foi o responsável pelo tiro que deixou um vigilante paraplégico durante assalto à uma farmácia, no dia 4 de abril deste ano, no bairro de Igapó, na zona Norte de Natal. 

Glaydson Emanuel Rosendo da Silva, de 18 anos, tinha na época do crime 17 anos. Um adolescente, também envolvido no crime contra o vigilante, já havia sido detido e cumpre medidas sócio-educativas. No dia do crime, Glaydson Emanoel Rosendo da Silva, acompanhado de outro adolescente, rendeu o vigilante e após retirar o colete e a arma da vítima atirou contra o vigia que ficou com sequelas. 

Ao delegado, o suspeito negou que tivesse intenção de atingir o vigilante. “Nossos policiais já haviam identificado que ele tinha efetuado o disparo, mas não tínhamos ainda localizado. 


Ao serem presos pela Polícia Militar, nossos policiais tiveram a preocupação de observar e confirmar que realmente foi ele quem atirou. Ele diz que seu interesse era amedrontar as pessoas presentes no estabelecimento”, disse o delegado. 

De acordo com o delegado Jodelcir Pinheiro, a comprovação já consta no inquérito. “Já é certo que foi ele quem atirou. Ele já confessou”, disse o delegado da 12ª Delegacia de Polícia Civil. Como Gleydson Emanuel foi preso em flagrante por roubo à mão armada nesta segunda-feira, ele agora responderá separadamente pelos dois crimes cometidos. Saiba mais Nesta terça-feira, Glaydson Emanoel Rosendo da Silva foi preso de posse de um revólver calibre 32, duas TVs roubada do Bar, garrafas de bebidas, dinheiro e outros pertences de vítimas roubadas em um bar nas Quintas. No momento da prisão, o infrator estava acompanhado de Iraclan do Nascimento Queiroz, também com 18 anos. 

*Fonte: 190/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário