12 de maio de 2016

Currais Novos: Paulo Bom Jovi foi condenado a 22 anos de prisão pelo o assassinato da ex-mulher

Foi condenado a 22 anos de prisão pela morte da ex-esposa, Paulo Diógenes de Vasconcelos, 35 anos, mais conhecido com Paulo Bom Jovi que no dia 22 de dezembro de 2014 assassinou a tiros Fernanda Irassoara Borges de Araújo com quem teve dois filhos que ficaram órfãos. 

A pena será cumprida inicialmente em regime fechado e o condenado não poderá recorrer em liberdade dado o grau de periculosidade que representa.

*Jota Júnior

Nenhum comentário:

Postar um comentário