19 de maio de 2016

Com ajuda de cão farejador, polícia localiza corpo de neto de Cerrocoraense na Grande Natal

Com a ajuda de um cão farejador do Batalhão de Choque da Polícia Militar (BPChoque), a Polícia Civil localizou nesta quarta-feira (18) um corpo enterrado no quintal de uma casa no bairro de Bela Parnamirim, em Parnamirim, na Grande Natal. De acordo com a Polícia Civil, o corpo é de um homem que estava desaparecido a mais de duas semanas.

Segundo o delegado Fábio Rogério, a suspeita é de que o corpo seja de William Estevão da Silva, de 22 anos. Ainda de acordo com o delegado, após receber a denúncia do desaparecimento, a polícia iniciou as investigações e chegou até a casa do suspeito, aonde o corpo estaria enterrado. 

Outras buscas já haviam sido feitas na casa, mas nada havia sido encontrado. No entanto, com a ajuda de Black, um dos cães farejadores do BPChoque, a polícia chegou ao local aonde o corpo foi enterrado. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi até a casa ajudar com as escavações. Após saber das primeiras buscas da polícia, o dono da casa, único suspeito pelo crime, preparou uma barricada com móveis e outros objetos para dificultar a entrada dos policiais. 

O homem também montou uma armadilha, colocando um arame eletrificado na porta. O nome do suspeito está sendo mantido sob sigilo pela polícia. *De o comunicador: William era filho de Maria Vitória que é filha do Cerrocoraense "Tonheca Pinto" já falecido.

*G1-RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário