6 de abril de 2016

Estudante universitária pode ser a oitava vítima fatal da gripe H1N1 na Paraíba

A estudante universitária Mirla Farias, de 25 anos, morreu na tarde desta terça-feira (05) com suspeita de ter contraído a gripe H1N1. A jovem estava internada no Hospital Antônio Targino, em Campina Grande. Em sua página no Facebook, as mensagens de pesar se multiplicavam rapidamente. 

A maioria delas relatava os momentos de alegria compartilhados com a jovem, que cursava Letras na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). O órgão, aliás, publicou nota lamentando sua partida precoce. O Treze, time do coração de Mirla, também lamentou a morte da garota. “O Treze Futebol Clubelamenta o falecimento da jovem Trezeana, Mirla Farias Pereira, vítima de H1N1. 

Temos a certeza de que Mirla está em um bom lugar. Toda a família Trezeana deseja força e luz para a sua família”, diz a nota publicada nas redes sociais da agremiação.A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que foram notificadas oito mortes, que podem ter sido provocadas pelo H1N1. 

Tambaú 247 - Via Jair Sampaio

Um comentário:

  1. Também temos 02 casos suspeitos em Lagoa Nova-RN. Mas as autoridades acham melhor esconder, maquiar e negar a tomar as providências cabíveis. Acham melhor espor nossos Idosos, crianças e doentes crônicos a correr o risco de mancha sua imagem em ano eleitoral. Se não existe justiça dos homens, a de meu Deus não falha!

    ResponderExcluir